sábado, novembro 04, 2006

Para ti, Narcisa

Como narcisista assumido, a minha escrita começou por ser endémica, mas também, como Narciso de espírito, evoluiu para um olhar no espelho virtual de um Blog através de uma caixinha de comments para satisfazer toda a vaidade.

Em tempos de racionalismo globalizado há uma razão para continuar a escrever. Há uma motivação que nos impele de volta ao espelho seja o reflexo animador ou reprovador, basta ser.

Portanto:

I've got a really great compliment for you, and it's true. (Jack Nicholson in "As good as it gets")

Estivéssemos, eu e tu, lado a lado, num qualquer balcão, num qualquer café e dir-te-ia qualquer coisa estúpida como só o meu cérebro sabe produzir na presença de beleza inebriante, mas estaria a pensar:

"Eu escrevo, porque tu me lês."




1 comentário:

S.B. disse...

Well, I don't know what to say... Just a smile on my face. Porque a tua experiência é a minha.

E não me venham com tretas, ninguém escreve para si mesmo.

Obrigado pela honra de ter um post dedicado à minha pessoa. =)