sexta-feira, dezembro 02, 2005

Punch Inflation - Christmas time is here


"Um euro hoje vale mais do que um euro amanhã". E pronto, estão estabelecidas as bases para uma cadeira na gloriosa instituição. O fatalismo da premissa ignora o mais nobre espírito natalício. O Natal torna-se num case study e a mensagem preverte-se.

O Passivo Circulante

A mise en scéne está montada. Tudo quanto é avenida, rua, ruela, beco, ghetto... está devidamente revestido do motivo natalício. Em particular as grandes superfícies comerciais, particularmente esmeradas em contribuir para a orgia de altruísmo característica da época. Decoram, redecoram e abrilhantam as suas montras. O comum consumidor agradece passeando, mas não consome. Torna-se num agente passivo do teatro económico, circulante pelo cenário mas sem fala nem ponto que o acuda.

2 comentários:

Sérgio "França" Mendes disse...

Por isso mesmo é que consegui que o meu patrono me paga-se o ordenado no principio do mês, contrariamente aos outros que recebem no fim!!!

Até fazem cenas giras, se tudo correr como costume ainda agradeço a CML, à pala das belas ruas da capital e desse espirito natalicio há sempre alguma coisa que cai prá este lado, prendas de pacotes.

Murasaki disse...

Há algo de positivo nesse festim delirante de luz e cor...para quem gosta de fotografia...claro..